O Portal 11:11 um Alinhamento Planetário

Reconheço que a modo de brincadeira extrafísica até o último momento, desconheço com precisão a finalidade das viagens que fui orientado a fazer durante o ano 2015.

Somente recebo orientação dos locais a ser visitados e das datas oportunas. Com esses ingredientes, os participantes começam a se inscrever formando o grupo específico para essa “missão” pre-estabelecida.

Assim pois, o dia 30 de outubro o grupo formado por nove membros, começamos uma viagem muito especial pelo Egito, visitando templos e locais de poder, recebendo ativações e experimentando momentos mágicos que nos conectaram com as energías e a sabedoria ancestral da terra abençoada pelo rio Nilo.

Com nossa chegada ao Cairo tudo ficou mais obvio, enquanto assistiamos o show de luzes nas pirâmides de Gizé, os membros da Grande Loja Branca, a Fraternidade Essenia e os guardiões de Gizé nos davam as boas vindas, todos vestidos de branco formando uma meia lua ao redor da Esfinge e com as pirâmides iluminadas de fundo, lembrando-nos das antigas iniciações que eram feitas em aquele local deste tempos ancestrais.

Captura de pantalla 2015-12-22 a las 23.30.05

Labirinto de Hawara Nov 2015

No dia seguinte, durante a visita ao Labiritinto de Hawara -local onde as fraternidades de mistérios descendentes do conhecimento de Akhenaton eram guardiões do conhecimento e dos tesouros de antigas civilizações- cada um dos membros recebeu presentes para a sua jornada pessoal e como grupo se nos permitiu adentrar-nos na sala “Circulo de Ouro”. De forma instantánea a sala começou a girar, irradiando luz e ativando a estrutura piramidal destribuida pelo Egito. Além disso recebemos diretamente da “Fonte” uma cúpula piramidal dourada, que foi disolvida e integrada em cada um dos membros do grupo, para posteriormente ser instalada no topo da pirâmide de Queops o dia 11 de novembro. Essa cúpula carrega a frequência da Verdade, Harmonía e Compaixão, além do equilíbrio do Sagrado Feminino e Masculino.

É importante dizer que a explanada de Gizé pode ser entendida como a ferramenta utilizada por consciências mais desenvolvidas para a sustentação de nosso universo dimensional e a experimentação do programa “Dualidade” no Planeta Terra.

Através do alinhamento pre-determinado das pirâmides principais com Orion, conhecida popularmente como as três Marias -Mintaka com Miquerinos, Al Nilam com Quekren e Al Nikat com Queops-. A explanada de Gizé irradia a partir do local estratégico que ocupa, a codificação frequêncial para toda a estrutura piramidal planetária, mantendo assim a vibração estabelecida.

Pyramids_Orion_South_View

Com o passo dos dias e de acordo com as orientações recebidas, fomos entendendo a importancia da nossa viagem, onde cada um de nós estava cumprindo o compromisso voluntário que em algum momento de nossa eterna jornada fizemos para o Bem Maior.

 

Finalmente chegou o dia esperado para a instalação da cúpula piramidal.

Aproximadamente às 9:33h entramos na explanada de Gizé e sem perder tempo levei ao grupo numa sala que se encontra embaixo terra e perto da pirâmide de Queops. Acostumo levar os grupo a esse local para fazer um equilibrado energético com cada um dos participantes, utilizando uma porta falsa da forma que se fazia em outros tempos, mas desta vez, através da porta falsa, além do equilibrado energético aconteceu alguma coisa mais, cada um dos membros do grupo foi recalibrado com o CONSELHO DOS NOVE e cada um recebeu uma frequência /capacidade / ferramenta que sería depositada posteriormente no sarcófago da Gran Pirâmide.

 

Nesse momento compreendi integramente o trabalho que seria feito nesse dia.

Captura de pantalla 2015-12-22 a las 23.37.03

Câmara de Cura e O Livro da Vida egipcio

Após ser sintonizados com os Conselho dos Nove e com o Livro da Vida de cada membro, nos dirigimos ao interior da Pirâmide de Miquerinos para fazer nossa primeira ativação às 11:11 horário do Cairo.

No interior da pirâmide, no local onde antiguamente se encontrava o sarcófago sagrado, o grupo dos 9 começamos a ativação das pirâmides de Gizé acompanhados por um numeroso grupo de moças muçulmanas que ficaram em total silenço enquanto assistiam a cerimônia. O Sagrado Feminino se estava manifestando para nós e reconhecendo o trabalho que estava começando!

Passados uns minutos, as moças foram convidadas a sair pelo segurança que tomava conta de que estivessemos sozinhos no interior da pirâmide, e com a saída delas os outros seguranças da entrada da pirâmide ficaram sabendo o que estavamos fazendo, traindo confussão para nossa tarefa. Mas antes de abandonar a pirâmide sentimos como a cúpula piramidal que tinhamos recebido em Hawara, tinha se projetado através do grupo dos 9 até o topo da pirâmide onde nos encontravamos e fixando-se lá, se projetou para o topo da pirâmide de Quefrem e finalmente ao topo da pirâmide de Queops, fixando as três cúpulas douradas e alinhando as estruturas piramidais do Egito com as pirâmides repartidas por todo o planeta Terra.

Quando saimos da pirâmide de Miquerinos, nos desplazamos para um pátio que está no lateral desta pirâmide e que é um local bem antigo, onde se encontram muros e pedras trabalhadas com caracteristicas similares às encontradas em Perú, Ilha de Páscoa e Grecia por exemplo. As sincronicidades do destino nos levo para terminar a primeira ativação do dia no pátio onde um grupo formado por mais de 900 pessoas de todo o mundo tinham aberto o primeiro portal o dia 11 de novembro de 1992.

 

Após terminar nossa ativação e saindo satisfeitos com o trabalho realizado, toda a cidade do Cairo começou a chamar a oração… milhiares de mesquitas cantando que “Allah (O Criador de Tudo o que É) é grande e único”. Resulta dificil explicar com palavras o sentimento desse momento, mas posso dizer que foi sentida uma vibração de “Mudança, Alegria e Amor” percorrendo todo o planeta.

Captura de pantalla 2015-12-22 a las 23.49.24

Ativação 11:11 na Pirâmide de Miquerinos

Com a primeira fasse finalizada e com sucesso, nosso guia nos orientou para ficar um tempo fazendo de simples turistas, uma ótima idéia para integrar o acontecido, mas também para sair do controle da polícia local que já sabiam para que estavamos lá e isso além de estar proibído é um motivo justo para pedir muito dinheiro aos turistas…

 

A segunda parte da ativação aconteceu na Camara do Rei no interior da pirâmide de Queops às 13:11h (11:11h horário de Greenwech).

E aí estavamos nós, junto com uns poucos turistas que “casualmente estavam visitando a pirâmide. Ficamos aguardando na câmara do rei até que foram às 13:10 e nesse momento formamos um círculo encontrando nossas mãos ao redor do sarcófago iniciático e simplesmente começamos a receber e ancorar o portal 11:11 que se abriu acima das pirâmides. Um poderoso fluxo energético começou a preencher o sarcófago e os membros ai presentes. Entoando cantos e mantas sagrados cada um dos membros foram entrando e deitando no sarcófago iniciático, para receber o que estavamos prontos para receber mas também para depositar e ativar as “energias” que o Conselho dos Nove tinha depositado em cada um de nós.

 

Foi uma cerimónia mágica, emocionante e indescriptivel. Somente posso dizer que eu Conrado, fui o último membro do grupo que entrou no sarcófago e que somente quando saí do sarcófago pude perceber que tinhamos um público de visitantes que foram chegando durante a hora que estivemos “trabalhando” e eles ficaram em completo silencio respeitando o trabalho que lá aconteceu.

Três dias mais tarde, o grupo já tinha regressado para suas respectivas casas e eu voltei nas pirâmides, desta vez sozinho, com tempo para caminhar e ser levado a locais mágicos que desconhecia.

Quando estava preste a abandonar a explanada de Gizé com o coração satisfeito por novamente estar neste local tan especial, olhei para a magestuosa panorámica que este lugar oferece aos visitantes com a Esfinge, o Templo de Quefrem e no horizonte as pirâmides, mas desta vez elas estavam sendo acompanhadas por um maravilhoso e gigante portal arco-íris ao redor do sol.

IMG_9090

Portal 11:11 Egito 2015

 

Reconheço que me sentí apresenteado pelo serviço incondicional que o grupo dos 9 tinhamos realizado para o bem maior e veio a mensagem de que esse Portal estava ancorado e ficaria aberto por um tempo para ajudar a Gaia a transmutar e elevar a frequência do Planeta.

 

O Portal continuou acompanhando minha viagem até Hurgada no Mar Morto e até Belo Horizonte, onde foi feita uma conexão Pirâmides /Egito/Hemisfêrio Norte/Sagrado Masculino/ Força da Vontade Divina com a Cidade de Luz Planetária Arcturiana de Belo Horizonte / Brasil / Hemisfêrio Sul / Sagrado Feminino /Amor Incondicional.

 

Gratidão a todos os que se conectaram conosco durante o dia 11:11;

Gratidão a cada um dos membros do grupo dos 9, por aceitar viajar a Egito e fazer possível esta mágica aventura;

Gratidão ao Conselho dos Nove pela confiança depositada;

Gratidão aos Guardiões, Mestres e Deuses que nos acompanham sempre;

Gratidão ao Egito, que sempre nos surprende e nos supera com novas aventuras;

Gratidão ao Ahmed, o guia terrestre que faz possível o imposível;

Gratidão a todos e a tudo;

Eu sou Grato.

Eu Sou.

 

Conrado López

Anúncios

25 de Julho: O Dia Fora do Tempo

calendario 13 luas maia

O calendário das treze lua não é a Contagem Longa Maia, é uma formulação pura e atualizada dos Códigos Calendáricos Matemáticos, trazido originalmente a este planeta pelos Maias. Esta é uma NOVA DISPENSAÇÃO DO TEMPO para o nosso tempo. Ninguém sabia melhor do que os maias, a natureza exata dos muitos ciclos de tempo em que a Terra está envolvida como corpo planetário dentro de um sistema estelar galáctico.

Era a intenção dos Maias que sua formulação do tempo, com base num código de frequência 13:20 (13 tons galácticos, 20 freqüências solares) foram um presente que contribuem para o cumprimento da Consciência Humana sobre o Planeta Terra.

Este Calendário de 13 luas foi descoberto pelo médico José Argüelles.
O calendário das treze luas resgata a presença da energia feminina, os ciclos naturais do tempo e a concepção esférica do tempo; Este calendário é a chave que nos permite conhecer, gerenciar e acessar nossa realidade multi dimensional. O Calendário de Treze Luas Maya entende esses conceitos e esclarecimentos e procura integrar ao homem, aumentar a sua consciência e levá-lo para uma vida em harmonia e equilíbrio com seu meio ambiente, nossa amada porém agredida Mãe Terra.

calendario maia 13 luas

Este calendário de 13 luas (meses) de 28 dias, está sincronizada com:

-Entrada Galactica do ano; A ascensão de Sirius em nosso 26 de julho.
-As 13 voltas da lua em torno da Terra, a órbita lunar de 364 dias.
-Os 365 dias da órbita da Terra em torno do Sol.

O Sincronário é a maneira de medir um ano através de 13 luas de 28 dias 364 dias, um dia chamado o Dia Fora do Tempo (correspondente ao 25 de julho de nosso calendário. Este dia fora do tempo não é um dia da semana ou do mês, mas é a pausa entre um ano e outro. Desde 1992 neste dia são celebradas festas para honrar a Paz. É uma ótima maneira de viver em harmonia, a passagem de um ano para outro). Percebemos que ao pegar os dados do ciclo lunar e a órbita da Terra através do sol, este calendário é luar-solar (completando a dualidade, femenino-masculino)

Calendario Maia 13 luas

Cada mês (ou lua) deste calendário tem um nome e um propósito.

Luna 1 (Morcego): definir o propósito do ano
2 Luna (Escorpião): Qual é o meu desafio?
Luna 3 (Veado): Como eu posso servir melhor?

Luna 4 (Coruja): Qual é o caminho que esta tomando o meu serviço?
Luna 5 (Pavão): Como posso melhorar minha autoridade? (para executar meu serviço)
Luna 6 (Lagarto): Qual é a minha maneira de organizar-me para o equilíbrio?
Luna 7 (APE): Como posso melhorar meu serviço com aos outros?

Luna 8 (Falcon): Vivo o que eu acredito?
Luna 9 (Jaguar): Como posso alcançar meu objetivo?
Luna 10 (Cão): Como aprimoro e manifesto o que eu faço?

Luna 11 (Cobra): Como me liberto?
Luna 12 (Coelho): Como eu posso me dedicar a tudo o que tem a vida?
Luna 13 (Tartaruga): Como eu posso expandir minha alegria e amor?

Todo o universo é energia, sons, cores, cheiros, matéria, mesmo a mais densa, eles são apenas formas de apresentação da energia e, portanto, tudo é energia. O tempo mesmo é energia e todo tipo de energia tem uma freqüência e através dessas frequências, podemos também diferenciar o tempo real do 13:20.

A freqüência 13:20, 13 luas e 20 selos solares arquetipicos (cada Kin – dia – responde com um destes selos solares). É a harmonia com o cosmos e corresponde a quarta dimensão, que permite expandir a consciência do homem e desenvolver sua existência multi dimensional.

Uma das grandes vantagens do calendário de 13 Luas é que o datas dias dos cálculos são surpreendentemente simples. O primeiro dia de cada lua é sempre um domingo de 13 luas (Dali). O último dia de cada lua é sempre um sábado das 13 luas (Sílio).

Usando este calendário você está realmente mudando sua freqüência. Você também está participando da campanha para o Novo Tempo. Apenas alterando o nosso calendário, teremos um Novo Tempo – um tempo de verdadeira harmonia e paz na Terra, onde o tempo não é dinheiro… o tempo é Arte.

21-12-12 Sunrise of the New Era

Estando em Hawai’i para participar no Coro Lemuriano com o Dr Todd tive o maravilhoso presente de ver o amanhecer do esperado dia 21 de Dezembro do 2012 à 10.000 pés de altitude no Parque Haleakalā na ilha de Maui, Hawai’i.

Um mágico lugar que recebe o nome  da Casa do Sol e realmente isso é o que você sente, estar no lar do Astro Rei.

Agradeço a seguinte foto a Ivan Bobrovnikov, um turista russo que tirou uma foto do lugar enquanto eu estava fazendo uma prece ao Sol da Nova Era… Grato pela maravilhosa lembrança desta foto e grato ao Grande Espirito pela benção da foto.

2012-12-21 at 07-57-07

Neste link você pode assistir o video do amanhecer da Nova Era… Que desfrutem!

Sunrise 21-12-12 The House of the Sun

Mahalo!