Indígenas do Planeta dão dicas para um Mundo Sustentável

 

gathering-of-nations-1

Indígenas do Planeta oferecem as orientações principais para a criação de um mundo sustentável e harmonioso

Os dezesseis princípios para a construção de uma comunidade sustentável e harmoniosa do mundo surgiu de um processo de 40 anos de reflexão, de consulta e de acção dentro de comunidades indígenas através das Américas. Eles estão enraizados nas preocupações de centenas de anciãos indígenas líderes espirituais e membros da Comunidade, bem como no pensamento de muitos estudiosos não-indígenas, pesquisadores e profissionais de desenvolvimento da Comunidade.

Estes princípios orientadores constituem a base para o processo de cura e desenvolvimento de nós mesmos (mentalmente, emocionalmente, fisicamente e espiritualmente), nossos relacionamentos humanos (pessoais, sociais, políticos, econômicos e culturais) e nossa relação com a Mãe Terra. Eles descrevem a maneira que temos de trabalhar e o que devemos proteger e respeitar.

Oferecemos estes princípios orientadores como um presente para todos aqueles que procuram construir uma comunidade Global sustentável e harmoniosa.

PREÂMBULO

Falamos como um, guiado pelos ensinamentos sagrados e tradições espirituais das quatro direções que eleva, guia, protege, avisa, inspira e desafia toda a família humana para viver de forma a manter e melhorar a vida humana e a vida de todos os que habitam na Mãe Terra e dedicar nossas vidas e energias na cura e desenvolvimento de nós mesmos, a teia de relacionamentos que fazem o nosso mundo e a nossa forma de viver com a Mãe Terra.

Chaman

OS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

A partir de dentro, trabalhando em um círculo, de forma sagrada, curamos a nós mesmos, nossas relações e nosso mundo.

COMEÇANDO DESDE DENTRO

Os Seres Humanos Podem Transformar Seus Mundos
A web de nossos relacionamentos com os outros e o mundo natural, que deu origem aos problemas que enfrentamos como uma família humana, podem ser alterada.

Desenvolvimento vem de dentro
O processo de desenvolvimento humano e comunitário se desdobra dentro de cada pessoa, relacionamento, organização de família, comunidade ou nação.

Sem visão, sem desenvolvimento
Uma visão de que podemos nos tornar e que um mundo sustentável seria, funciona como um poderoso ímã, atraindo-nos para nosso potencial.

A cura é uma parte necessária do desenvolvimento
Curando o passado, fechar feridas antigas e aprender hábitos saudáveis de pensamento e ação para substituir o pensamento disfuncional e padrões interrompidos de relações humanas são uma parte necessária do processo de desenvolvimento sustentável.

circulo sagrado

TRABALHANDO DENTRO DE UM CÍRCULO

Interligação
Tudo está ligado a tudo o resto; Portanto, qualquer aspecto de nossa cura e desenvolvimento está relacionado a todos os outros (pessoal, social, cultural, político, econômico, etc.). Quando trabalhamos em qualquer parte, o círculo inteiro é afetado.

Sem unidade, não há desenvolvimento
Unidade significa unicidade. Sem unidade, a unidade comum que faz com que (aparentemente) separar os seres humanos em ‘comunidade’ é impossível. Desunião é a doença primária da Comunidade.

Sem participação, não há desenvolvimento
A participação é o envolvimento activo das mentes, corações e energia das pessoas no processo de sua própria cura e desenvolvimento.

Justiça
Cada pessoa (independentemente do sexo, raça, idade, cultura, religião, orientação sexual) deve ser concedida igualdade de oportunidades para participar do processo de cura e desenvolvimento e receber uma parte equitativa dos benefícios.

DE UMA MANEIRA SAGRADA

Espírito
Os seres humanos são material e espiritual na natureza. Portanto, é inconcebível que a comunidade humana poderia tornar-se inteiro e sustentável sem trazer nossas vidas em equilíbrio com as exigências da nossa natureza espiritual.

Moral e ética
Desenvolvimento humano e comunitário sustentável requer uma fundação moral centrada na sabedoria do coração. Quando esta fundação é perdida, os princípios morais e éticos entram em declínio e o desenvolvimento se para.

A Dor de Um é a Dor de Todos: A Honra de Um é a Honra de Todos.
O fato básico da nossa unidade como uma família humana significa que o desenvolvimento para alguns em detrimento de bem estar para os outros não é aceitável ou sustentável.

Autêntico Desenvolvimento baseia-se Culturalmente
Cura e desenvolvimento devem ser enraizadas na sabedoria, conhecimento e processos vivos da cultura do povo.

Conexão divina

PODEMOS CURAR E DESENVOLVER A NÓS MESMOS, NOSSAS RELAÇÕES E NOSSO MUNDO

Aprendizagem
Os seres humanos são seres de aprendizagem. Começamos a aprender enquanto estamos ainda no ventre da nossa mãe, e a menos que algo aconteça para fechar nossas mentes e paralisar nossas capacidades, podemos continuar a aprender ao longo de toda a nossa vida. Aprendizagem é o cerne de cura e desenvolvimento.

Sustentabilidade
Sustentar algo significa que lhe permita continuar por muito tempo. Autêntico desenvolvimento não precisa deixar de utilizar ou minar o que é necessário para seguir em frente.

Mover-se para o lado positivo
Resolver os problemas críticos em nossas vidas e comunidades é melhor abordado através da visualização e se movendo para a alternativa positiva que desejamos criar, e com base nos pontos fortes que já temos, em vez de dando nossa energia negativa a lutar.

Seja a Mudança que Você quer Ver
As estratégias mais poderosas para a mudança envolvem sempre a modelagem do papel positivo e a criação de exemplos de vida das soluções que propomos. Percorrendo o caminho, nós fazemos o caminho visível.

Anúncios

25 de Julho: O Dia Fora do Tempo

calendario 13 luas maia

O calendário das treze lua não é a Contagem Longa Maia, é uma formulação pura e atualizada dos Códigos Calendáricos Matemáticos, trazido originalmente a este planeta pelos Maias. Esta é uma NOVA DISPENSAÇÃO DO TEMPO para o nosso tempo. Ninguém sabia melhor do que os maias, a natureza exata dos muitos ciclos de tempo em que a Terra está envolvida como corpo planetário dentro de um sistema estelar galáctico.

Era a intenção dos Maias que sua formulação do tempo, com base num código de frequência 13:20 (13 tons galácticos, 20 freqüências solares) foram um presente que contribuem para o cumprimento da Consciência Humana sobre o Planeta Terra.

Este Calendário de 13 luas foi descoberto pelo médico José Argüelles.
O calendário das treze luas resgata a presença da energia feminina, os ciclos naturais do tempo e a concepção esférica do tempo; Este calendário é a chave que nos permite conhecer, gerenciar e acessar nossa realidade multi dimensional. O Calendário de Treze Luas Maya entende esses conceitos e esclarecimentos e procura integrar ao homem, aumentar a sua consciência e levá-lo para uma vida em harmonia e equilíbrio com seu meio ambiente, nossa amada porém agredida Mãe Terra.

calendario maia 13 luas

Este calendário de 13 luas (meses) de 28 dias, está sincronizada com:

-Entrada Galactica do ano; A ascensão de Sirius em nosso 26 de julho.
-As 13 voltas da lua em torno da Terra, a órbita lunar de 364 dias.
-Os 365 dias da órbita da Terra em torno do Sol.

O Sincronário é a maneira de medir um ano através de 13 luas de 28 dias 364 dias, um dia chamado o Dia Fora do Tempo (correspondente ao 25 de julho de nosso calendário. Este dia fora do tempo não é um dia da semana ou do mês, mas é a pausa entre um ano e outro. Desde 1992 neste dia são celebradas festas para honrar a Paz. É uma ótima maneira de viver em harmonia, a passagem de um ano para outro). Percebemos que ao pegar os dados do ciclo lunar e a órbita da Terra através do sol, este calendário é luar-solar (completando a dualidade, femenino-masculino)

Calendario Maia 13 luas

Cada mês (ou lua) deste calendário tem um nome e um propósito.

Luna 1 (Morcego): definir o propósito do ano
2 Luna (Escorpião): Qual é o meu desafio?
Luna 3 (Veado): Como eu posso servir melhor?

Luna 4 (Coruja): Qual é o caminho que esta tomando o meu serviço?
Luna 5 (Pavão): Como posso melhorar minha autoridade? (para executar meu serviço)
Luna 6 (Lagarto): Qual é a minha maneira de organizar-me para o equilíbrio?
Luna 7 (APE): Como posso melhorar meu serviço com aos outros?

Luna 8 (Falcon): Vivo o que eu acredito?
Luna 9 (Jaguar): Como posso alcançar meu objetivo?
Luna 10 (Cão): Como aprimoro e manifesto o que eu faço?

Luna 11 (Cobra): Como me liberto?
Luna 12 (Coelho): Como eu posso me dedicar a tudo o que tem a vida?
Luna 13 (Tartaruga): Como eu posso expandir minha alegria e amor?

Todo o universo é energia, sons, cores, cheiros, matéria, mesmo a mais densa, eles são apenas formas de apresentação da energia e, portanto, tudo é energia. O tempo mesmo é energia e todo tipo de energia tem uma freqüência e através dessas frequências, podemos também diferenciar o tempo real do 13:20.

A freqüência 13:20, 13 luas e 20 selos solares arquetipicos (cada Kin – dia – responde com um destes selos solares). É a harmonia com o cosmos e corresponde a quarta dimensão, que permite expandir a consciência do homem e desenvolver sua existência multi dimensional.

Uma das grandes vantagens do calendário de 13 Luas é que o datas dias dos cálculos são surpreendentemente simples. O primeiro dia de cada lua é sempre um domingo de 13 luas (Dali). O último dia de cada lua é sempre um sábado das 13 luas (Sílio).

Usando este calendário você está realmente mudando sua freqüência. Você também está participando da campanha para o Novo Tempo. Apenas alterando o nosso calendário, teremos um Novo Tempo – um tempo de verdadeira harmonia e paz na Terra, onde o tempo não é dinheiro… o tempo é Arte.

Glândula Timo

Glândula Timo

 

Perguntaram a Trigueirinho sobre a glândula Timo, pois ouviu-se falar que em estudos recentes, foi constatado que ela não funciona bem quando a pessoa sofre de solidão, ou é rejeitada.

Resposta de Trigueirinho:
A glândula Timo fica sem funcionamento livre e vai se atrofiando quando as pessoas deixam de exercer o AMOR, por falta do individuo dar amor aos demais.
Não dar amor ao tudo e a todos!

Essas glândulas do corpo humano são todas misteriosas.
Mesmo quando a ciência pensa que sabe tudo a respeito de alguma coisa, ainda não sabe.
Essa glândula Timo, é das mais reguladoras num certo sentido, e uma das que mais são sensíveis diante das nossas atitudes.

Se nós tivessemos o amor da alma fluindo livremente para ir aonde tem que ir e para “aquilo” que deve ir, sem estar restrita por personalismo, por limitações, por exclusivismos, por coisas determinadas, a glândula Timo teria um funcionamento perfeito, e no seu funcionamento perfeito ela expandiria cada vez mais o nosso amor, e nos faria amar até coisas que nós nem conhecemos.

Então, o mistério dessa glândula, é ela nos levar a um amor completamente CÓSMICO, completamente infinito. Então, todas as vezes que você concentra o seu amor numa coisa, numa pessoa, numa idéia, a glândula Timo vai ficando apertada porque o movimento dela é ”o contrário”. O movimento dela é fazer com que você ame.

Amar quer dizer entrar em contato com todo o universo, com todo o cosmos.
Essa glândula tem a possibilidade de te colocar em contato com o cosmos, mas amando, não por outras coisas,não por outras razões.
Então, é quando você está nesta linha de pensamento, quando está nessa linha de intenções, que você não precisa de preocupar com a sua glândula Timo, porque ela está no papel dela, ela está na função dela que é, não só produzir secreção, mas é ajudar com que você inclusive fisicamente, você inclusive conscientemente, cerebralmente, esteja em contato com este todo este UNIVERSO INFINITO.

Mas, quando você diz:
– Eu amo mais este do que aquele.
– Eu gosto mais disto, do que daquilo.
Já a sua glândula Timo está ficando reduzida, ela está se sentindo reduzida naquilo que ela veio fazer.
Esse processo de uma glândula Timo ficar atrofiada, não acontece só numa vida. Se uma pessoa nasce já com o desequilíbrio desta glândula, é porque esta falta de amor universal já vem de muitas vidas. Então, numa determinada existência isto consegue surgir.

A pessoa precisa desta secreção da glândula Timo para humanamente, físicamente, ter esse sentido de universalidade. Se ela não tem esta secreção, é como se ficasse sem este veículo que a faz compreender materialmente este amor universal, que a faça incluir isto na sua vida.
Como alma, podemos estar desenvolvendo essas coisas todas, mas físicamente o corpo, a criatura humana, fica limitada por falta desta secreção.
Ela pode intelectualmente ter esta compreensão, cerebralmente não sei até que ponto …
se ela não dispõe dessa secreção, se ela não dispõe dessa glândula.

As glândulas trabalham entre si, elas se completam muito entre si, elas se ajudam muito mutuamente. As glândulas se suprem mutuamente. A deficiência de uma glandula, pode ser compreendida por outra, e ali haver uma colaboração dentro do corpo. Isto está sob a regência da consciência do corpo.

A Sabedoria que já vive em nós – Deepak Chopra

Nenhum destes pontos é uma aspiração espiritual; são fatos da vida quotidiana, ao nível das suas células.

1- Objetivo mais elevado:

Cada célula do seu corpo aceita trabalhar para o bem-estar do todo; o seu bem-estar individual surge em segundo lugar. Se necessário, morre para proteger o corpo e muitas vezes assim é – o tempo de vida de qualquer célula é uma fração do nosso próprio tempo de vida. As células da pele morrem aos milhares, a cada hora, o mesmo acontecendo com as células imunológicas que combatem os micróbios invasores. O egoísmo não constitui uma opção, mesmo que se trate da própria sobrevivência de uma célula.

2- Comunhão:

Uma célula mantém-se em contato com todas as outras células. As moléculas mensageiras acorrem a toda a parte para comunicar aos recantos mais afastados do corpo qualquer desejo ou intenção, por mais tênue que seja. Retrair-se e recusar-se a comunicar não constituem opções.

3- Consciência:

As células adaptam-se, momento a momento. Mantém-se flexíveis para poderem responder a situações imediatas. Ficar preso a hábitos rígidos não constitui uma opção.

4- Aceitação:

As células reconhecem-se umas as outras como igualmente importantes. Cada função do corpo é interdependente de todas as outras. Desempenhá-la sozinho não constitui opção.

5- Criatividade:

Embora cada célula tenha um conjunto de funções únicas (as células do fígado, por exemplo, podem desempenhar cinqüenta tarefas diferentes), estas conjugam-se de formas criativas. Uma pessoa pode digerir alimentos que nunca comeu antes, ter pensamentos que nunca lhe ocorreram, dançar de uma forma que nunca antes se viu. Agarrar-se a um velho comportamento não constitui opção.

6- Ser:

As células obedecem ao ciclo universal de repouso e atividade. Embora este ciclo se expresse de muitas formas, como as flutuações dos níveis hormonais, da pressão arterial e dos ritmos digestivos, a expressão mais óbvia é o sono. Por que razão precisamos dormir continuamente e ser um mistério para a medicina e, no entanto, surge a disfunção total se não gozarmos dos seus benefícios. No silêncio da inatividade, o futuro do corpo está em incubação. Ser obsessivamente ativo ou agressivo não constitui uma opção.

7- Eficiência:

As células funcionam com o mínimo gasto possível de energia. Por norma, uma célula armazena apenas três segundos de alimento e oxigênio dentro da sua membrana celular. Confia plenamente em que tomarão conta dela. Um consumo excessivo de alimentos, ar ou água não constitui uma opção.

8- Ligação:

Devido à sua herança genética comum, as células sabem que são fundamentalmente iguais. O fato das células do fígado serem diferentes das do coração e das células musculares serem diferentes das cerebrais, não nega a sua identidade comum e esta é imutável. Em laboratório, uma célula muscular pode ser transformada geneticamente numa célula cardíaca recorrendo à sua fonte comum. As células saudáveis permanecem ligadas à sua fonte independentemente do número de vezes que se dividam. Para elas, ser um proscrito não constitui uma opção.

9- Dar:

A atividade primária das células é dar, o que mantém a integridade de todas as outras células. Um empenhamento total em dar torna automático o receber – e a outra metade do ciclo natural. O açambarcamento não constitui uma opção.

10- Imortalidade:

As células reproduzem-se para transmitirem os seus conhecimentos, experiência e talentos, não escondendo nada dos seus descendentes. É um tipo de imortalidade prática, submetendo-se à morte, no plano físico, mas derrotando-a, no plano não físico. O fosso entre as gerações não constitui uma opção.

Quando olho para tudo o que as minhas células aceitaram, será que não se trata de um pacto espiritual, em todos os sentidos da expressão? A primeira qualidade, procurar um objetivo mais elevado, é a mesma que as qualidades espirituais de renúncia e altruísmo.

Dar é o mesmo que devolver a Deus o que é de Deus. Imortalidade é o mesmo que a crença na vida depois da morte.

Todavia, os rótulos adaptados pela mente não constituem uma preocupação do meu corpo.

Para o meu corpo, estas qualidades são pura e simplesmente o modo como funciona a vida. São o resultado da expressão da inteligência cósmica, ao longo de bilhões de anos, como biologia. O mistério da vida foi paciente e cuidadoso no processo de permitir que emergisse todo o seu potencial. Mesmo agora, o acordo tácito que mantém o meu corpo coeso produz a sensação de um segredo porque, segundo todas as aparências, esse acordo não existe.

Mais de duzentos e cinqüenta tipos de células desempenham as suas funções diárias: as cinqüenta funções que uma célula hepática desempenha são totalmente únicas, não se sobrepondo às funções das células musculares, renais, cardíacas ou cerebrais – todavia, seria catastrófico se uma só dessas funções estivesse comprometida.

O mistério da vida encontrou uma forma de se expressar perfeitamente através de mim.

Reveja uma vez mais a lista das qualidades e preste atenção a tudo o que é referido como “não constituindo uma opção”: egoísmo, recusa em comunicar, viver como um proscrito, consumo excessivo, atividade obsessiva e agressão.

Se as nossas células não se comportam desta forma, porque o fazemos?

Porque é que a ganância é boa para nós e, no entanto, significa a destruição, ao nível das nossas células, onde a ganância é o erro cometido pelas células cancerosas? Porque permitimos que o consumo excessivo conduza a uma obesidade epidérmica, quando as nossas células medem ao nível da molécula o combustível que consumimos?

Como pessoas, ainda não renunciamos ao comportamento que mataria os nossos corpos num dia. Estamos traindo a nossa sabedoria corporal e, o que é pior, estamos ignorando o modelo de uma vida perfeita que existe dentro de nós.”

Fonte: O livro dos Segredos, Deepak Chopra, 2005

Expansion – Escultura de Paige Bradley

Siga seu Coração

O coração é o primeiro órgão formado no útero. O resto vem depois.

Recentemente neurfosiologistas ficaram surpresos ao descobrirem que o coração é mais um órgão de inteligência, do que (meramente) a estação principal de bombeamento do corpo. Mais da metade do Coração é na verdade composto de neurônios da mesma natureza daqueles que compõem o sistema cerebral. Joseph Chiton Pearce, autor de “A biologia da Transcendência”, chama a isto de “o maior aparato biológico e a sede da nossa maior inteligência”.

O coração também é a fonte do corpo de maior força no campo eletromagnético. Cada célula do coração é única e na qual não apenas pulsa em sintonia com todas as outras células do coração, mas também produz um sinal eletromagnético que se irradia para além da célula. Um EEG que mede as ondas cerebrais mostra que os sinais eletromagnéticos do coração são muito mais fortes do que as ondas cerebrais, de que uma leitura do espectro de frequência do coração podem ser tomadas a partir de três metros de distância do corpo… sem colocar eletrodos sobre ele!

A frequência eletromagnética do Coração produz arcos para fora do coração e volta na forma de um campo saliente e arredondado, como anéis de energia. O eixo desse anel do coração se estende desde o assoalho pélvico para o topo do crânio, e todo o campo é holográfico, o que significa que as informações sobre ele podem ser lidas a partir de cada ponto deste campo.

O anel eletromagnético do Coração não é a única fonte que emite este tipo de vibração. Cada átomo emite energia nesta mesma frequência. A Terra está também no centro de um anel, assim é o Sistema Solar e até mesmo nossa galáxia… e todos são holográficas. Os cientistas acreditam que há uma boa possibilidade de que haja apenas um anel universal abrangendo um número infinito e interagindo dentro do mesmo espectro. Como os campos eletromagnéticos são anéis holográficos, é mais do que provável que a soma total do nosso Universo esteja presente dentro do espectro de frequência de um único anel.

Isto significa que cada um de nós está ligado a todo o Universo e como tal, podemos acessar todas as informações dentro dele e qualquer momento. Quando ficamos quietos para acessar o que temos em nossos corações, nós estamos literalmente conectados à fonte ilimitada de Sabedoria do Universo, de uma forma que percebemos como “milagres” entrando em nossas vidas.

Quando desconectamos e nos desligamos da sabedoria inata de amor do Coração, baseado nos pensamentos, o intelecto refletido no ego assume o controle e opera independentemente do Coração, e nós voltamos para uma mentalidade de sobrevivência baseada no medo, ganância, poder e controle. Desta forma, passamos a acreditar que estamos separados, a nossa percepção de vida muda para uma limitação e escassez, e temos que lutar para sobreviver. Este órgão incrível, que muitas vezes ignoramos, negligenciamos e construímos muros ao redor, é onde podemos encontrar a nossa força, nossa fé, nossa coragem e nossa compaixão, permitindo que a nossa maior inteligência emocional guie nossas vidas.

Devemos agora mudar as engrenagens para fora do estado baseado no medo mental que temos sido ensinados a acreditar, e nos movermos para viver centrados no coração. Para que esta transformação ocorra, é preciso aprender a meditar, “entrar em seu coração” e acessar a sabedoria interior do Universo. É a única maneira, é O Caminho. A medida que cada um de nós começa esta revolução tranqüila de viver do Coração, vamos começar a ver os reflexos em nossas vidas e em nosso mundo. Esta é a forma como cada um de nós vai criar uma mudança no mundo, criar paz, criar harmonia e equilíbrio, e desta forma, vamos todos criar o Paradigma do Novo Mundo do Céu na Terra.