Relatório da Energia para Dezembro de 2014

Novos caminhos

Mensagem de Jennifer Hoffman,

1º de Dezembro de 2014.

Dezembro será outro mês cheio de ação, com muita atividade que nos impulsiona e nos trás de volta, convida-nos a nos interiorizar, bem como a nos expandir, usando o que aprendemos neste ano para criarmos o fechamento e a limpeza do caos. Este é um convite divino para nos deslocarmos da cura para a totalidade. Se pudermos, nas palavras da Prece da Serenidade… “que aceitemos as coisas que não podemos mudar, mudando as coisas que podemos…” O que não podemos mudar são as outras pessoas. O que podemos mudar é a energia que usamos para criarmos as nossas vidas. Se tivermos uma oportunidade de criar o potencial de vida que sempre quisemos, que assim seja.

A questão é: Temos a coragem de aceitar a alegria, a paz, o amor e a abundância que dizemos que queremos?

É necessário apenas um pensamento para pedirmos um milagre, enquanto é preciso coragem para permitirmos que o milagre se manifeste e enfrente as ondas de mudança que isto irá criar. O impasse e as paralisações se tornaram um ponto decisivo e podemos optar por enfrentarmos novas direções.

Cinco planetas mudam de signo em Dezembro: Sol, Mercúrio, Vênus, Marte e Saturno, Júpiter segue retrógrado, Urano segue direto, temos a 6ª Quadratura de Urano/Plutão, e Mercúrio entra em sombra retrógrada. Mudanças planetárias de signos são mudanças energéticas que abrem novos portais de potenciais. Os planetas pessoais mudam de signos muitas vezes em um ano, convidando-nos a dar mais um passeio ao redor da roda de experiências da vida. É a espiral ascendente da evolução, marcada pelos planetas exteriores mais lentos, e a expansão global da nossa consciência, que nos convida a expandir e a ascender através dos portais e criarmos novas perspectivas para as nossas vidas. Nós circulamos a roda da vida muitas vezes, fechando o círculo, ou a marca de 360 graus, onde temos que escolher – vamos circular a mesma roda novamente ou fazermos a mudança de energia – elevarmos nossas vibrações – o que nos tirará deste ciclo da roda e nos levará para um diferente?

Isto requer apenas uma pequena mudança e cada pequena parcela faz uma grande diferença.

Mas temos que estar dispostos a realizar a mudança, bem como termos a coragem de aceitarmos, alinharmo-nos e integrarmos a sua transformação que acompanha, a longo prazo. Quando estamos em um espaço onde qualquer mudança é bem-vinda porque estamos cansados, desanimados, desiludidos e infelizes, estamos dispostos a assumir a primeira coisa que chegue junto. Neste ponto, qualquer coisa é melhor do que a nossa situação atual e estamos fazendo um movimento lateral que poderá nos tirar da frigideira para o fogo.

Se quisermos fazer uma verdadeira mudança, temos que estar dispostos a mudar a nossa frequência e vibração energética, a demolirmos tudo o que somos e que fomos, até à base e reconstruirmos. Isto requer uma liberação do caos e nos darmos uma conclusão, eliminando nossas conexões com o que sabemos que já não nos serve mais e convidando novas possibilidades que têm potenciais e resultados desconhecidos.

Após dois anos em Escorpião, onde ele nos levou aos abismos de nosso inconsciente, Saturno entra em Sagitário, o signo do filósofo, da religião, do aprendizado superior e de qualquer coisa estranha. É o momento de crescermos (uma lição de Saturno) e nos tornarmos discípulos de nosso próprio aprendizado, da missão de nossa alma, da jornada da vida, da expansão, da evolução e da ascensão. Saturno nos ensina disciplina e foco, mostrando-nos onde as mudanças devem ser feitas e, então, ficando próximo a nós, como um lembrete constante do trabalho que precisa ser feito, até que terminemos. É como dizer aos seus filhos que eles podem brincar lá fora, uma vez que limpem o quarto e ficando diante da porta para que tenham certeza de que eles o fazem.

A quadratura Urano/Plutão de Dezembro é o 6º de sete quadraturas, regendo o terceiro olho, de acordo com a associação entre estes sete aspectos e os sete primeiros chacras feitos pela astróloga Carol Anne Ciocco. Estas estiveram ocorrendo desde Junho de 2012, uma expansão da conjunção Plutão/Urano do início dos anos 60.Estamos evoluindo de crianças em flor para as sementes de mudanças dos adultos. O sexto chacra é onde a mente encontra o espírito, o divino e o humano podem ver “olho a olho”, e onde integramos a luz de nossa alma em nossa escuridão humana.

É a nossa oportunidade de liberarmos a nossa bagagem emocional e criarmos a nossa parceria espiritual/humana antes que alcancemos o aspecto do 7º chacra, em Março de 2015, onde reivindicamos o nosso “coronário” e finalizamos a nossa jornada de volta à ligação com a nossa Fonte.

Estivemos à espera que o mundo mude, e o mundo esteve nos dando todas as oportunidades para mudarmos – o impasse chegou a um ponto decisivo. Agora é o momento para o “final”. Não como no fim do mundo, mas como um fechamento e conclusão e um fim para tudo que não tem mais nenhuma energia para vocês. É a nossa chance de terminarmos o ano com uma “nota alta” e entrarmos no novo ano com uma “vibração elevada”. Para o que vocês estão preparados agora, considerando tudo o que experienciaram no último ano ou mais? Términos limpam o caminho para os inícios e não podemos avançar com a nossa bagagem – algo tem que partir. Que bagagem vocês estão liberando, ou vocês estão sendo liberados, agora?

O que vocês podem estar vendo neste mês, e em sua vida, é o “fim”, o término, a conclusão e os espasmos finais da morte de algo que tem estado em algum tipo de fase de morte por um longo tempo, mas que vocês o estiveram revivendo a cada vez que ele estava próximo de terminar, porque vocês temiam vê-lo deixar a sua vida.Pensem no final de um casamento, de um emprego, um relacionamento querido, ou um modo de vida. Quando isto parte, o mesmo acontece com a sua segurança, com a sua estabilidade e o conforto relativo. Ainda que não estejam felizes, ainda é uma quantidade conhecida. Sem isto, vocês têm que redefinir a sua vida, o que inclui se permitir conhecer a alegria, a paz, o amor e a abundância, em um fluxo ilimitado, sem qualquer medo. Estão viciados no caos? Vocês conhecerão esta resposta quando tiverem que viver sem ele. Podemos nos sentir determinados se não estivermos corrigindo um problema, acalmando o caos, curando alguém, ou enfrentando um desafio?Agora nós temos a oportunidade de lidarmos com esta questão de forma muito honesta e sabermos se realmente queremos e estamos preparados para a “paz na Terra e boa vontade para com os homens.”

O que chegou “ao fim de sua estrada de energia” está agora alcançando um FIM, sem mais reviver ou ressuscitar situações que simplesmente não mais têm energia para vocês, não importa quanto queiram que elas permaneçam em sua vida. E se não estiverem prontos para que elas terminem, a outra pessoa está e ela está permitindo que vocês saibam que ela terminou e se foi. Ou a situação termina subitamente, ou se torna tão insuportável que vocês devem ir embora. Novos caminhos estão acenando, enquanto os antigos chegam ao fim necessário e devemos segui-los, pois esta é a promessa da evolução e da ascensão que fizemos.

A palavra-chave ou tema para Dezembro é PAZ, que não é a ausência de som, de movimento. É a presença da calma, da serenidade e do desprendimento. Vocês podem ter a calma em qualquer tempestade quando se recusarem a participar do caos e, ao invés disto, estarem na energia da paz. Desliguem-se do caos e reconheçam, aceitem e assumam a responsabilidade somente pelo que é realmente seu. Sejam interesseiros, autoconscientes e focados, para que possam usar a energia deste mês para aprender o que é importante para vocês, e usem isto para criar a nova base para a sua vida. Estabeleçam intenções poderosas para os novos resultados que querem, assim saberão o que liberar. Sejam claros sobre o que merecem e que estão dispostos a ter em sua vida, porque vocês são os únicos que se limitam e ao fluxo de energia.

E quando passarem pelas Festas, apreciem e sejam gratos pelo que aprenderam neste ano, porque isto está preparando o cenário para 2015 e para a próxima fase de nossa evolução, o que eu acredito que será muito mais alegre, pacífica e o caminho para a realização será muito mais claro e mais fácil de encontrar. Tenham um maravilhoso mês.

www.enlighteninglife.com

Tradução: Regina Drumond –reginamadrumond@yahoo.com.br

Anúncios

Os Tempos do Renascer

Mensagem dos Registros Akáshicos

“Amados e queridos todos

Sabemos como é difícil experimentar as dores e transtornos causados pela materialidade.

Todos vocês sabiam disso antes de entrar neste aconchegante planeta.

Por isso, está chegando a hora de deixar os choros de crianças que não sabem desenvolver-se sem a ajuda dos seus pais.

Sequem-se as lágrimas e olhem. Olhem ao seu redor, pois lá estamos nós.

Amorosamente e através da sua eternidad, nós, decidimos compartir nossa existência amando-lhe incondicionalmente.

Sim, estamos com você em tudo momento, guiando-lhe através dos labirintos criados por você mesmo, até experimentar a sua maturidade.

Conhecemos você, muito mais que você mesmo e seguimos amando-lhe incondicionalmente.

Sinta nosso amor e permita-se curar.

Quando você, se permite sentir-nos, esta permitindo sentir a essência da sua própria alma.

Tudo o que você é, desde a mais absoluta totalidade.

Aceite nossa ajuda e aceite ao seu ser.

Permita-nos encher sua vida de amor e plenitude.”

Mensagem dos Registros Akáshicos

19 Julho 2013

CRAB: C. López

Fotografias: Golden Buddha of Wat Traimit

Bangkok – Thailandia                                                                                         19 Abril 2013

Representação da Estrela da Alma ou chakra Alfa, canal energético que comunica com planos multidimensionais. Conhecido e utilizado pelo ser humano desde tempos milenares.

Mensagem do Mestre Kuthumi

Mensagem do Mestre Kuthumi

Vivam levemente. Liberem a sua própria desordem emocional e a bagagem do passado. Como eu disse, é essencial manter a limpeza do seu próprio corpo emocional.

Como as camadas de uma cebola, há muitas questões. Portanto, há ainda raiva ou dor sendo retida, que deve ser liberada. É importante que vocês limpem regularmente o corpo emocional. Não permitam que o medo, os ressentimentos ou os julgamentos criem raízes em seu corpo emocional. TRANSMUTEM, TRANSMUTEM E TRANSMUTEM NOVAMENTE. Esta é a chave para que sobrevivam a estes tempos de transição. Como eu disse, reconheçam-no ou o transmutem.

Compreendam que tudo é experiência. Compreendam que estão agora terminando a experiência da dualidade. O velho Karma está agora terminando. Qualquer novo Karma que vocês criem, será tratado instantaneamente. Sim, Karma imediato, um aprendizado final de tratar os outros, como vocês mesmos gostariam de ser tratados. Meus amigos, estas simples etapas têm o poder de auxiliá-los intensamente em todas as áreas de sua vida.

Se puderem seguir estas orientações que lhes dou agora, experiênciarão um despertar consciente da alma, mais rápido e mais suave. Vocês experimentarão os primeiros passos da Nova Terra. Uma vibração mais elevada através da consciência da alma – a alma viva. (Mestre Kuthumi)”

Glândula Timo

Glândula Timo

 

Perguntaram a Trigueirinho sobre a glândula Timo, pois ouviu-se falar que em estudos recentes, foi constatado que ela não funciona bem quando a pessoa sofre de solidão, ou é rejeitada.

Resposta de Trigueirinho:
A glândula Timo fica sem funcionamento livre e vai se atrofiando quando as pessoas deixam de exercer o AMOR, por falta do individuo dar amor aos demais.
Não dar amor ao tudo e a todos!

Essas glândulas do corpo humano são todas misteriosas.
Mesmo quando a ciência pensa que sabe tudo a respeito de alguma coisa, ainda não sabe.
Essa glândula Timo, é das mais reguladoras num certo sentido, e uma das que mais são sensíveis diante das nossas atitudes.

Se nós tivessemos o amor da alma fluindo livremente para ir aonde tem que ir e para “aquilo” que deve ir, sem estar restrita por personalismo, por limitações, por exclusivismos, por coisas determinadas, a glândula Timo teria um funcionamento perfeito, e no seu funcionamento perfeito ela expandiria cada vez mais o nosso amor, e nos faria amar até coisas que nós nem conhecemos.

Então, o mistério dessa glândula, é ela nos levar a um amor completamente CÓSMICO, completamente infinito. Então, todas as vezes que você concentra o seu amor numa coisa, numa pessoa, numa idéia, a glândula Timo vai ficando apertada porque o movimento dela é ”o contrário”. O movimento dela é fazer com que você ame.

Amar quer dizer entrar em contato com todo o universo, com todo o cosmos.
Essa glândula tem a possibilidade de te colocar em contato com o cosmos, mas amando, não por outras coisas,não por outras razões.
Então, é quando você está nesta linha de pensamento, quando está nessa linha de intenções, que você não precisa de preocupar com a sua glândula Timo, porque ela está no papel dela, ela está na função dela que é, não só produzir secreção, mas é ajudar com que você inclusive fisicamente, você inclusive conscientemente, cerebralmente, esteja em contato com este todo este UNIVERSO INFINITO.

Mas, quando você diz:
– Eu amo mais este do que aquele.
– Eu gosto mais disto, do que daquilo.
Já a sua glândula Timo está ficando reduzida, ela está se sentindo reduzida naquilo que ela veio fazer.
Esse processo de uma glândula Timo ficar atrofiada, não acontece só numa vida. Se uma pessoa nasce já com o desequilíbrio desta glândula, é porque esta falta de amor universal já vem de muitas vidas. Então, numa determinada existência isto consegue surgir.

A pessoa precisa desta secreção da glândula Timo para humanamente, físicamente, ter esse sentido de universalidade. Se ela não tem esta secreção, é como se ficasse sem este veículo que a faz compreender materialmente este amor universal, que a faça incluir isto na sua vida.
Como alma, podemos estar desenvolvendo essas coisas todas, mas físicamente o corpo, a criatura humana, fica limitada por falta desta secreção.
Ela pode intelectualmente ter esta compreensão, cerebralmente não sei até que ponto …
se ela não dispõe dessa secreção, se ela não dispõe dessa glândula.

As glândulas trabalham entre si, elas se completam muito entre si, elas se ajudam muito mutuamente. As glândulas se suprem mutuamente. A deficiência de uma glandula, pode ser compreendida por outra, e ali haver uma colaboração dentro do corpo. Isto está sob a regência da consciência do corpo.

O Sistema da “Saúde” é realmente saudável para nós?

Ghislaine Lanctôt

Nascida em Montreal (Canadá). Foi doutora durante 25 anos e proprietária  de várias clínicas da saúde nos Estados Unidos e Canadá. Depois de conhecer o Sistema da “Saúde” por dentro, escreveu o livro “The Medical Mafia” para que todos podamos entender como funciona esse Sistema.

Na atualidade ela mesma define-se como a médica da Alma. Defende a imortalidade e a capacidade de auto-cura de nosso autentico Ser.

“O caminho? O teu Corpo!

Crê em você: Você é Divino, e se esqueceu disso, ou tem se esquecido disso a cada dia.

A medicina atual,Poucas  vezes nos mostra o caminho da saúde.”

A continuação poder ler um trecho de uma conversação de um paciente com a Dr. Ghislaine:
Doente: Estou gripado, o que me receita?
G.L. -Nada. 

D: Nem um pouquinho de Frenadol?

 G.L. Para quê? Para esconder sintomas? Não, Atente aos seus sintomas, escute-se! E sua alma lhe dará a receita.  

D: Porém, devo deitar-me na cama ou não?

G.L. Pergunte isto a você mesmo,e faça o que crê lhe seja mais conveniente. Acredite em você! Os virus lhes dá, conforme aquilo que você acredita! Cada um pode escolher assumir ou não a sua vida e fazer.

Minha atitude seria:”Contrai uma gripe. Sou a única responsável! Devo cuidar-me um pouco.” Eu me recolheria na cama, repousaria, relaxaria, meditaria em como tenho me maltratado últimamente…

“Se você “contraiu” uma gripe, diga? Sim! A sua enfermidade vem de você não vem de fóra.  A enfermidade é um presente que você se faz ou dá, para reencontrar-se consigo mesmo.

D: Porém, ninguém deseja uma doença…

G.L.  a sua enfermidade é sua aliada e lhe assinala que olhe a sua alma,para ver o que acontece. Dê graças! brinde a oportunidade de fazer as pazes com você mesmo!

 

D: Talvez seja mais prático um comprimido… 

G.L. – Fazer a guerra contra a enfermidade? Isso propõe em certos aspéctos a medicina atual, e as guerras matam, trazem sempre mortes.

D: Ah!!! Não me dirá agora que a medicina mata… 

G.L – Um terço das pessoas hospitalizadas, o são por efeitos de medicamentos! Nos Estados Unidos, 700.000 pessoas morrem ao ano por causa dos efeitos secundários de medicamentos e de tratamentos hospitalares.

D: Morreriam igualmente sem medicamentos. Mas…

G.L – Não. Não se mudassem o enfoque: a medicina atual tem esquecido muito da saúde,é uma medicina da enfermidade e da luta! Não é uma medicina de Saúde e de Vida.

D: Medicina de enfermidade? Esclareçamo-lo…

G.L – Na antiga China, um acupuntor era despedido se o seu paciente ficava enfermo.Ou seja, o médico cuidava da saúde! Veja! Nossa medicina precisa revisar muitos aspéctos.

D: Prefira então, as medicinas alternativas… 

G.L – Respeitam mais o organismo, que a medicina industrial, desde logo: A bioenergética, Homeopatia (será a medicina do séc.XXII) Acupuntura, Fitoterapia, Reflexologia, Masoterapia… (massagens, drenagem linfáticas, etc.) 

A prática do Yoga… A Meditação…São mais baratas… e menos perigosas!!!


D: Porém, não salvam de um câncer.
G.L -Diz-lhe isto a medicina convencional!  
Ela salva de um câncer? Pode fazê-lo, sim.
 O que fará seguramente é envenenar você com coquetéis quimicos, queimar você com radiações, mutilar você com extirpações…  
E além do mais, a cada dia aparecem mais canceres! Porque?
Porque as pessoas vivem esquecidas de sua Alma ( que é divina):a paz de sua Alma será a saúde, porque o seu corpo é o reflexo material de sua Alma.
Se você reencontrar-se com a sua Alma, e a pacificar… não haverá câncer!

D: Palavras bonitas, porém se um filho seu tivesse um câncer, que faria você? 

C.L – Alimentaria a sua fé em si mesmo: isso fortalece o sistema imunológico, o que afasta o câncer.

O medo é o pior inimigo! O medo mina as suas auto defesas. Nada de medo, nada de submissão ao câncer!
Traquilidade, convicção, delicadeza, terapias suaves…

A medicina convencional deveria ser só, um último recurso, e muito extremo… E se a sua Alma esta em paz,isso jamais lhe fará falta.


Bem! tenhamos a nossa Alma pacificada… porém, se por acaso, recebemos vacinas…Saiba…Elas são fabricadas com células cancerosas de ovários de hamster,que são multiplicadas e cultivadas em soro de bezerro estabilizado com alumínio ( a de hepatitis B, com seu virus):injetaria você isso em seus filhos?

D: Porém se passa mal com a enfermidade, eh…? 
C.L -Já, já…Se a enfermidade lhe visita, acolha-a, abrace-a! Faça as pazes com ela!…

 Nosso corpo é o caminho e qualquer processo de saúde, desde uma gripe ou um câncer, nos dá a oportunidade de aprender, em muitos aspéctos, a amar-me, olhar-me, valorizar e adaptar-me, ter consciência, ser mais humano, mais solidário, ou aceitar. 
Perceber que este processo é uma etapa para crescer  em um despertar da consciência,ou inclusive para entender que o partir é algo normal no Universo e a cada um se lhe dá no momento perfeito.A cada um o caminho a Luz.
Aproveitemos esta grande oportunidade cósmica para colaborar conosco mesmo e com o Universo.
A continuação pode assistir o video postrado em YouTube onde a Dr. Ghislaine fala abertamente do Sistema de “Saúde”: