Como quebrar com os votos karmicos

voto Karmico

 

Você já teve a experiencia de identificar um bloqueio emocional e após fazer centos de terapias sem resultados aparentes, o bloqueio continua ai do mesmo jeito, limitando a sua felicidade?

Quando investigamos em profundidade esses bloqueios, podemos chegar a conclusões que de outra forma dificilmente teríamos chegado. Como por exemplo:

Será que esse bloqueio é desta vida ou vem de mais longe?

Antes de fazer-se esta pergunta, possivelmente muitos de vocês tiveram que passar por todo tipo de terapias, terapeutas, sanadores, médicos, tiveram que ler livros de diferentes temas até completar quase um doutorado… e tudo isso sem obter uma mínima mudança no seu problema.

Mas chegado nesse punto, qual caminho você deseja escolher?

Muitos podem aceitar essa limitação e viver resignados com seus bloqueios emocionais, levando-lo o mais dignamente possível o resto da sua vida. Porém também existe a possibilidade de vocês abrirem as suas mentes além do “normal” e investigar mais um pouco. As vezes, num gesto corajoso, vocês podem chegar a essa enigmática pergunta: e si esto tivesse relação com uma vida passada?

Aqui começamos a entrar numa dimensão diferente onde o primeiro de tudo é aceitar que não somos seres de uma única vida e que podemos ter um pasado além do que conseguimos lembrar nesta. Nessas outras vidas ao igual que nesta, tivemos milhares de experiencias e aprendizados e possivelmente algumas destas nos marcaram de forma definitiva. Estas experiencias armazenam-se em nosso subconsciente e as carregamos conosco em nossa memória como sementes prontas para germinar em qualquer momento ou vida futura. Quando uma semente de nosso pasado da seus frutos, nos vemos imersos num tipo de vivencias que não compreendemos mas que afectam nossa “atual” vida de forma definitoria. Marcando nosso presente e nosso destino.

vidas passadas

Existem muitos tipos de situações de vidas pasadas que podem registrar esses “bloqueios” inconscientes em nossa atual vida, como por exemplo os “votos karmicos”.

O que são os votos karmicos?

São decretos de obediencia que fizemos no passado. Principalmente quando entramos a formar parte de grupos religiosos ou iniciáticos ou quando, devido a experiências traumáticas vividas, fazemos juramentos do tipo “Nunca volveré a…” ou “De agora por diante y por toda a eternidade…” ou coisas deste tipo.

Por que é conveniente cancelar-los?

Porque alguns deles continuam atuando no momento presente e obstaculizam nossa vida atual, impedindo desfrutar de aquilo que juramos renunciar. Por exemplo, você não se permite ter dinheiro pelo voto de pobreza de outra encarnação ou não desfruta plenamente do sexo livre de culpa pelos antigos votos de castidade e celibato, etc.

Tipos de Votos:

1) Voto de Pobreza: firmados nos grupos religiosos e filosóficos onde o dinheiro era considerado perverso. O voto de pobreza era mantido pela ideia de que Deus nos mantém acima de tudo, porém ignora o fato de que a melhor forma que tem Deus nesta época para manter as suas criaturas é através de um ingreso suficiente. Se você é uma pessoa que cree que o dinheiro é ruim o que não pode misturar-se com a espiritualidade, o se você tem experimentado sistematicamente problemas financeiros, é possível que numa vida passada tenha feito um voto de pobreza.

2) Voto de Castidade: aqui, a crença é que a sexualidade é má. Os prazeres mundanos consideravam-se contrarios ao desenvolvimento espiritual. Lógico que este não foi um conceito universal, muitas religiões orientais outorgam ao sexo um caráter sagrado, propiciatório para a união com Deus. Se você tem experimentado com frequência falta de desejo sexual, disfunções sexuais  ou você tem problemas na intimidade, é possível que tenha asumido um voto de castidade em outras vidas.

3) Votos de Abnegação: trata-se de um pacto de auto-sacrificio que de alguma maneira expresa que o individuo postergará toda satisfação pessoal a favor dos desejos e necessidades dos outros.  Rejeita diretamente o amor próprio. Se você sente que sempre carrega com as responsabilidades dos outros, sente uma compulsão por ajudar aos outros acima das suas próprias necessidades e você está sempre no último lugar na hora de repartir energía, é possível que você tenha assinado um pacto de abnegação.

4) Votos de Celibato: equivale a renunciar a estabelecer uma relação emocional significativa por estar  “casados” com Deus. Mais é Deus quem nos manda os companheiros de alma para mostrar-nos as petos de nosso próprio “Eu”. Os votos de celibato se manifestam de muitas formas: sabotagem nas relações pessoais intimas, medo ao compromisso, e uma historia pessoal que registra numerosas relações com finais rápidos e inesperado. Negar nossa capacidade de relacionar-nos profundamente com alguém é um jeito de estancar o nosso crescimento. Se este é o seu caso, é provável que tenha assinado um pacto de celibato.

5) Voto de Silencio: em algumas ordens religiosas antigas, a palavra era considerada como uma ferramenta do Diabo para seducir aos mortais. De ai se formou a crença que o silencio ajudava a manter a pureza da alma. Tem outros casos, por exemplos, pessoas que viveram em situações de guerra sendo portadores de segredos ou informações vitais para seu país, juraram não falar e foram torturados até morrer. Hoje em dia, estas pessoas experimentam extremas dificuldades para expresar quem são e falar a verdade.

6) Votos de Sofrimento: em algúns contextos históricos, o corpo foi considerado um impedimento para o crescimento espiritual, e por isso era castigado, flagelado, danificado para provar o compromisso com a Divindade. Nossa concepção atual do corpo é diferente: entendemos que é o veiculo através do qual se expressa nossa alma e por isso cuidar dele é importante. Porém, muitas pessoas tem condutas destrutivas com seu corpo e não conseguem se controlar, desde o fato de morder-se a unhas a manterr com adiciones que sabem que são prejudiciais para a sua vida. Algumas destas pessoas descobrem através das regressões que tem vivido em contextos religiosos de desvalorização corporal.

7) Votos de Obediência: implicam abandonar a própria vontade e subordinar-la a vontade de Deus. Os problemas de obediência surgem quando esta é completamente cega, porque se um individuo acredita que a vontade de Deus é destruir ao infiel, a quem não acredita no mesmo Deus que nós e atua em conseqüência (convergindo-se num mensageiro do odio), somente acumulará mais karma. Uma vida evolucionada implica convertir-se em companheiro de Deus em sua tarefa creadora, não num subordinado cegamente obediente.  O aprendizagem consiste no equilibrio entre ambas vontades. Muitas pessoas, que se sentem hoje incapaces de enfrentar-se à autoridade (seja um pai forte, um chefe ou o sistema de regulamentações imposto), descobrem que tem assinado pactos de obediência em outras vidas.

Como posso libertar-me dos votos karmicos?

Afortunadamente novas ferramentas estão sendo liberadas neste momento especial do Planeta Terra, para que o ser humano consiga soltar as cargas emocionais que leva carregando por tanto tempo.

Simplicidade e amorosidade são as características desta nova era e elas estão presentes nesta nova forma de trabalhar com nosso subconsciente. No tempo de 1 hora e meia (a duração aproximada da sessão) a pessoa consegue limpar e harmonizar muitos dos bloqueios emocionais, crenças e votos karmicos que fez em outros tempos.

As pessoas experimentam as mudanças na sua própria vida de forma natural e quase instantânea… Experimente!

Desde qualquer parte do mundo… as sessões podem ser feitas também por Skype.

Solicite mais informação enviando email para projeto-adamkadmon@msn.com

Todo ser humano tem o direito de ser feliz e desfrutar de uma vida plena, abundante e alegre. Qualquer crença ou pensamento que você possa descobrir dentro de você e que rejeite essa verdade, tenha total certeza que é uma limitação ou bloqueio emocional e pode ser trabalhada. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s